CABRAL SE DÁ MAL AO QUERER IMITAR LULA COM MORO

Em interrogatório, ex-governador Sérgio Cabral enfrenta o juiz Marcelo Bretas – Foto: Reprodução

Parece que os embates de Lula contra o juiz Sérgio Moro andaram inspirando o ex-governador Sérgio Cabral que, ontem (23/10), em audiência com o juiz Marcelo Bretas tentou constrangê-lo citando negócios de sua família. Além de tentar impor uma autoridade política que não tem mais.

“Não se lava dinheiro comprando joias. Vossa Excelência (Bretas) tem um relativo conhecimento sobre o assunto porque sua família mexe com bijuterias. Se não me engano, é uma empresa de bijuterias”, disse o ex-governador.

“Não recebi com bons olhos o interesse manifestado do acusado de informar que minha família trabalha com bijuteria. Esse é o tipo de coisa que pode ser entendida como ameaça”, respondeu Bretas.

Antes dessa discussão, o juiz havia perguntado se Cabral se sentia injustiçado e ele disse que “sem dúvida”.

“Queira o senhor ou não, eu fui o líder deste Estado, eu realizei neste Estado, eu trabalhei nesse Estado”, disse Cabral.

Bretas respondeu: “Mais uma vez, o senhor quer criar aquele discurso de injustiçado”, afirmou.

Pois bem. Após todo o bate-boca, o magistrado pediu a transferência de Cabral para um presídio federal.

Nesta terça-feira (24/10), o juiz federal Abel Gomes, do Tribunal Regional Federal, negou habeas corpus pedida pela defesa do ex-governador para impedir a transferência do peemedebista para uma cadeia fora do Rio.

Cabral deve ir para um presídio de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Isso é que dá querer imitar Lula.

Uma ideia sobre “CABRAL SE DÁ MAL AO QUERER IMITAR LULA COM MORO

  1. Sim gostei mais o maior problema é cadê o dinheiro. Todos são presos mais o dinheiro que foi retirado dos cofres públicos não aparecem e o estado continua falido

Os comentários estão fechados.