SERIA HUCK O SALVADOR DO ESTADO DO RIO?

Após causar reboliço no meio político, ameaçar as candidaturas de Lula e Bolsonaro e ver seu nome aprovado por 60% dos brasileiros, de acordo com pesquisa Ipsos, o apresentador Luciano Huck declarou em artigo publicado na edição desta segunda-feira (27), da Folha de São Paulo, que não será candidato à Presidência da República em 2018.

“Quem se interessa pelo que sou e faço pode acreditar: vou atuar cada vez mais, sempre de acordo com minhas crenças, em especial com a fé enorme que tenho neste país. Contem comigo. Mas não como candidato a presidente”, escreveu.

No entanto, parece que seu nome não será facilmente descartado como alternativa viável no campo desgastado da política tradicional.

Com a política fluminense em decadência – três ex-governadores presos e pretensos candidatos ao governo citados em casos de corrupção -, já há quem defenda o nome de Luciano Huck para governar o segundo Estado mais importante do país.

Muitos acreditam que Huck daria um novo rumo à desacreditada política fluminense.

Resta saber se ele toparia encarar essa empreitada. Aguardemos, pois, os próximos capítulos da novela “O fenômeno Huck”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *