PEGOU MAL AS AUSÊNCIAS DO PAPA E DE TEMER À CELEBRAÇÃO PELOS 300 ANOS DE NOSSA SENHORA APARECIDA

Papa Francisco e presidente Michel Temer – Fotos: Divulgação

Apesar da queda constante do catolicismo no país – conforme mostrada em pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (veja aqui) –, o Brasil ainda é a nação mais católica do mundo.

Portanto, as ausências do chefe maior da Igreja Católica, Papa Francisco, e do presidente da República, Michel Temer (PMDB), à celebração pelos 300 anos de aparição de Nossa Senhora Aparecida podem ser vistas como uma grande desfeita por parte dessas duas autoridades para com a solenidade de homenagem à Padroeira do Brasil.

Mesmo com envio de representantes da Presidência – ministros Gilberto Kassab (Ciência e Tecnologia) e Antônio Imbassahy (Secretaria-Geral) – e do Vaticano – arcebispo dom Giovanni Battista –, pegou muito mal as ausências de Temer e do Papa ao importante evento. Fato!

XÔ, PESSIMISMO!!! E FELIZ DIA DO TRABALHO!!!

Com 14 milhões de desempregados no país, lamentavelmente, não há clima para comemorar o Dia do Trabalho.

No entanto, apesar da crise, felizmente, ainda temos muita gente empregada.

Portanto, vamos torcer para que o país volte a crescer para que os empregados continuem com seus empregos e os desempregados sejam recolocados no mercado de trabalho.

Todavia, eu sei que muitas pessoas estão preocupadas com a Reforma Trabalhista, mas é importante frisar que os principais direitos dos empregados (Férias, FGTS, 13º Salário, Aviso Prévio e outros) continuam mantidos. E a CLT não foi rasgada!

O que vai mudar é que as relações entre empregador e empregados serão flexibilizadas, como já acontece em outros países há muito tempo.

Fato é que o Brasil precisa avançar e para isso o país terá que modernizar suas relações trabalhistas, pois os tempos mudaram.

Aos opositores da reforma, aviso que não estou defendendo o governo, não. Mas basta um olhar atento para o avanço da tecnologia para constatarmos a transformação que a sociedade vem presenciando nos últimos tempos.

Por conta do avanço tecnológico, muitas profissões já foram extintas. E outras novas estão sendo criadas. E por que as relações trabalhistas não podem ser contemporizadas? Penso que temos que nos adaptar aos novos tempos, caso contrário, o atraso continuará sendo a marca desse país.

E apesar das adversidades do momento, vale destacar que o Dia do Trabalho continua existindo no calendário.

Sendo assim, parabenizo a todos os trabalhadores (formais e informais) pelo Dia do Trabalho!!!

E se Deus quiser dias melhores virão!!!